CÓDIGO 172

1
LOTE DISPONÍVEL

VEÍCULO FIAT UNO MILLE ECONOMY, ANO 2011

  • 1ª DATA: 10/09/2020 14:00

ONLINE

LEILOEIRO(A): GIOVANNI WERSDOERFER

DESCRIÇÃO

EDITAL DE LEILÃO

5ª Vara DO TrabalhO de JOINVILLE / SC

 

 

Praça/Leilão:10/09/2020 - 14h00hs - A quem mais ofertar, desde que não a preço vil, isto é, 50% do valor da avaliação.

Modalidade: Presencial/Online

Local: RuaSanta Catarina, nº 1642, sala 12, Bairro Floresta, Joinville-SC e virtual através de cadastro realizado no site www.hastapublica.lel.br.


GIOVANNI WERSDOERFER, Leiloeiro Público Oficial, matriculado na JUCESC sob n°. AARC/141, devidamente autorizado pelas Exmo. Dr. Antônio Silva do Rego Barros, Juíz do Trabalho da 5ª Vara Trabalhista de Joinville/SC, venderá em público LEILÃO, conforme preceitua o art. 888, § 1°, da CLT, em dia, hora e local acima citado, os bens penhorados a seguir relacionados:

 

Processo nº 0000461-31.2018.5.12.0050

Exequente: Daniel Camacho de Oliveira

Executado: Proelt Engenharia Ltda       

Bem: Um  Veículo Fiat Uno Mille Economy, ano 2011/modelo2012, Placa n. MJB-9436, Renavam n. 347747795, documento OK. Cor branca, chassi n. 9BD15802AC6631772, avariado (batida frontal) e sem uma das rodas, estado de conservação ruim.

Avaliação: R$ 10.000,00(Dez Mil Reais).

Depositário:Jeison Felipe Schafaschec

Vistoria: Rua Dona Francisca, n. 5.725

 

ADVERTENCIAS: O(s) bem(ns) será(ão) arrematado(s) à vista ou mediante sinal de 20 (vinte por cento) no ato da arrematação, (art. 888, § 20 da Cl. T), e o saldo em até 24 (vinte e quatro) horas, (art. 888 § 4° da CLT). Na ocasião do leilão, o(s) bem(ns) será(ão) vendido(s) pela melhor oferta, (art. 888, § 1° da CL T), desde que não seja caracterizado preço vil, (art. 891§único do" NCPC). De acordo com Resolução 203 de 15/03/2016 do TST; O interessado em adquirir o bem penhorado em prestações, poderá apresentar, por escrito, em conformidade com o artigo 895 do NCPC:I - até o início do primeiro leilão, proposta de aquisição do bem por valor não inferiorao da avaliação; 11 - até o início do segundo leilão, proposta de aquisição do bem por valor que não seja considerado vil. § 1º A proposta conterá, em qualquer hipótese, oferta de pagamento de pelo menos vinte e cinco por cento do valor do lance à vista e o restante parcelado em até 30 (trinta) meses, garantido por caução idônea, quando se tratar de móveis, e por hipoteca do próprio bem, quando se tratar de imóveis. § 2º As propostas para aquisição em prestações indicarão o prazo, a modalidade, o indexador de correção monetária e as condições de pagamento do saldo. § 4º No caso de atraso no pagamento de qualquer das prestações, incidirá multa de dez por cento sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas. § 5º O inadimplemento autoriza o exequente a pedir a resolução da arrematação ou promover, em face do arrematante, a execução do valor devido, devendo ambos os pedidos ser formulados nos autos da execução em que se deu a arrematação. § 6º A apresentação da proposta prevista neste artigo não suspende o leilão. § 7º A proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado. § 8 Havendo mais de uma proposta de pagamento parcelado: I - em diferentes condições, o juiz decidirá pela mais vantajosa, assim compreendida, sempre, a de maior valor; II - em iguais condições, o juiz decidirá pela formulada em primeiro, lugar. § 9 No caso de arrematação a prazo, os pagamentos feitos pelo arrematante pertencerão ao exequente até o limite de seu crédito, e os subsequentes, ao executado. §Os honorários de Leiloeiro serão pagos à vista, na razão de 5 (cinco por cento) e correrá por conta do comprador em caso de arrematação. Havendo adjudicação os honorários do Leiloeiro serão de 2 (dois por cento) sobre o valor da avaliação a ser quitada pelo exequente. No caso de pagamento da execução, formalização de acordo, ou se o leilão for designado unicamente para satisfação de despesas processuais, o executado arcará com os honorários/despesas do Leiloeiro, a serem fixadas pelo Juízo. Incide taxa de armazenagem sobre o(s) bem(ns) removido(s) ao depósito do Leiloeiro, que será quitada pelo comprador no ato do arremate. Eventuais ônus existentes sobre os bens levados a leilão deverão ser verificados pelos interessados Junto aos órgãos competentes. É de inteira responsabilidade do adquirente o pagamento de despesas de transferência de veículos, bem como de eventuais débitos em aberto junto ao DETRAN; da mesma forma, fica responsável pela quitação de valores existentes relativos à alienação fiduciária e, no caso de imóveis, pelo pagamento do ITBI e demais despesas de transcrição, além de taxas em atraso, tais como condomínio (inclusive chamadas de capital), marinha (SPU), energia elétrica, água, etc. Restando negativo o Leilão, o(s) bem(ns) será(ão) oferecido(s) em venda direta pelo prazo fixado pelo magistrado, ficando desde já intimadas espartes, (art. 888, § 3° da CL T e art. 73, do Provimento CR nO' 04/2005, do TRT/12a Região). Caso os executados, seus cônjuges se casados forem, o credor pignoratício, hipotecário, anticrético, fiduciário ou com penhora anteriormente averbada, que não seja de qualquer modo parte na execução, o coproprietário de bem indivisível do qual tenha sido penhorada fração ideal, o titular de usufruto, uso, habitação, enfiteuse, direito de superfície, concessão de uso especial para fins de moradia ou concessão de direito real de uso, o proprietário do terreno submetido ao regime de direito de superfície, o promitente comprador, quando a penhora recair sobre bem em relação ao qual haja promessa de compra e venda registrada, o promitente vendedor, quando a penhora recair sobre direito aquisitivo derivado de promessa de compra e venda registrada, a União, o Estado e o Município, no caso de alienação de bem tombado, que não sejam encontrados ou cientificados por qualquer razão, quando da expedição da respectiva notificação, valerá o presente como Edital de Notificação de Praça/Leilão. Segundo estabelecem o (artigo 889 § Único do NCPC) e (art. 889,incisos, li, 111, IV, V, VI, VII e VIII do NCPC), para todos os atos aqui mencionados, caso encontrem-se em lugar incertoe, não sabido eu não tenham a ser localizadas pelo Senhor Oficial de Justiça, suprindo, assim, à exigência contida no (art. 889 § único do NCPC).

 

Maiores e melhores informações no escritório do Leiloeiro (47) 3025-6170, celular e WhatsApp(47) 98849-3886, www.hastapublica.lel.br, hastapublica@hastapublica.lel.br.

“O Leiloeiro Público Oficial, tem Fé Pública nos atos que praticar.”

 

Antônio Silva do Rego Barros

Juiz do Trabalho

LOCAL

www.hastapublica.lel.br

LOTE 001 - Veículo Fiat Uno Mille Economy

favorite_border

Um  Veículo Fiat Uno Mille Economy, ano 2011/modelo2012, Placa n. MJB-9436, Renavam n. 347747795, documento OK. Cor branca, chassi n. 9BD15802AC6631772, avariado (batida frontal) e sem uma das rodas, estado de conservação ruim. Avaliação: R$ 10.000,00(Dez Mil Reais). Depositário:Jeison Felipe Schafaschec Vistoria: Rua Dona Francisca, n. 5.725

Lance Inicial

R$ 5.000,00

Seja o primeiro a enviar um lance